Áudio da Palestra apresentada em S. Paulo.

Em maio último, apresentei em São Paulo, em duas ocasiões, a palestra “Sabedoria da antiguidade para os nossos dias”. Foram experiências memoráveis. Ambas me proporcionaram a oportunidade de compartilhar algumas das reflexões, pesquisas e experiências que tenho acumulado nesses anos, com grupos de pessoas muito especiais que, assim como eu, estão na busca constante de mais entendimento de si mesmo e do mundo para um aperfeiçoamento pessoal.

O tema da Sabedoria antiga me levou aos textos do Gênesis, no qual encontrei uma descrição da condição humana, do surgimento tanto da consciência existencial bem como da consciência moral e as consequências de ambas para nossa experiência da existência em sua ambiguidades e dificuldades intrínsecas. Também pude visitar o Tao Te Ching e descobrir sua consciência prática em relação a sua noção da natureza humana em sua dualidade ao mesmo tempo que de seu fundamento na unidade do Tao. E entremeando estes dois textos, uma série de avaliações a respeito de nossa condição contemporânea e o grande tesouro de sabedoria e auto-conhecimento que a antiguidade nos proporicona.

Tive a felicidade de poder gravar estes eventos. Coloco aqui à disposição de todos o áudio da parte expositiva da segunda palestra. Espero que os ouvintes possam desfrutar um pouco que seja do clima e do ganho que tivemos juntos, eu e o grupo, nessa tão agradável tarde e noite do dia 29/05.

Audio da palestra:

9 ideias sobre “Áudio da Palestra apresentada em S. Paulo.”

  1. Grande Irmão Luiz Bueno
    Foi um grande prazer e privilégio desfrutar de tua companhia e se deleitar com suas descobertas acerca da “gnosis” na sabedoria da antiguidade….Parabéns pela sua lucidez ao compartilhar do conhecimento no verdadeiro espírito crístico.
    TFAC
    Anubys

    1. Obrigado, Ricardo. Nestas oportunidades, acontece sempre uma grande troca. Eu também recebi muito e por isso espero continuar nessa caminhada. Obrigado pelo apoio e incentivo.

  2. Luiz Bueno!
    Parabéns! Que beleza de palestra!
    Já diziam os filósofos gregos “Homem conhece-te a ti mesmo”.
    Quando compreendemos e vivenciamos esta dualidade da natureza humana, em nós mesmos, e a que se destina, precisamos divulgá-la, seja como e onde for!
    Sempre grato, por poder desfrutar mais um pouco de todo o seu conhecimento. Tenho certeza que muita coisa boa ainda virá pela frente!

    Abraços!

    Claudio Campos

    1. É o que vejo, Claudio. Sem aprofundarmos o conhecimento de nós mesmo, ficamos sujeitos às leis mecânicas da natureza, aos nossos instintos, às convenções sociais. Com o auto-conhecimento podemos tomar posse de nossa vida dentro das possibilidade que nos cabem.
      Obrigado por seu comentário.
      Participe sempre por aqui!

  3. Olá irmão!!

    Ouvimos aqui em casa a sua palestra. ADORAMOSSSS..
    E queremos maisss…
    No final so nos restou o silêncio com as palavras de Tao Te Ching!!!

    Divino!!!

    Obrigada por existir!!!
    Fraternalmente

    Luciana e Flávio

Participe com seu comentário